Perguntas e respostas com Dave Hitz: O czar da eficiência

Todos ganham com a eficiência de storage

Não é segredo que, na NetApp, criamos soluções de gerenciamento de dados e storage inovadoras, que auxiliam empresas no mundo todo a obter economia de custos e a agilizar processos. Muitos das empresas mais bem-sucedidas do mundo são construídas com a NetApp®. Uma das coisas que nos distinguem da concorrêcia é nossa habilidade em ajudar os clientes a maximizar sua eficiência. Nosso lema é: "Compre menos, armazene mais".

Para isso, fizemos uma reunião recentemente com Dave Hitz, fundador da NetApp, vice-presidente executivo e considerado o "czar da eficiência de storage", para aprendermos mais sobre esse seu novo papel, por que a eficiência é tão importante para a NetApp como empresa e como ela ajuda os negócios de nossos clientes e os da própria NetApp.

Você tem agora um cargo de nome engraçado. O que exatamente quer dizer "czar da eficiência de storage"?

Dave: <Rindo> Meu trabalho é ter a certeza de que resolvemos os problemas de nossos clientes usando menos storage. É claro que entendo que isso pode parecer um contrassenso, já que trabalhamos para ganhar dinheiro, mas garanto que não é. Nossos clientes nem sempre acreditam nisso também. A melhor resposta que ouvi, para alguns de nossos clientes mais hesitantes, veio de um de nossos vendedores, que disse: "Se eu posso ajudá-lo a economizar 30 ou 50 centavos de cada dólar, você estará mais propenso a me procurar na próxima vez que ganhar um dólar".

É uma visão de negócios a longo prazo. Ajudamos nossos clientes a economizar dinheiro e a fazer mais a curto prazo, mas estamos investindo em nossos clientes e em nosso próprio negócio a longo prazo. Essa pode ser uma posição difícil de ser assumida. Mas, na NetApp, nosso objetivo é continuar a aumentar nossa parcela no mercado e nossa estratégia para aumentá-la é encontrar maneiras inteligentes de diminuir o custo dos clientes. O sucesso de nossos negócios, mesmo em tempos de crise financeira, valida nossa crença de que tal redução de custos ainda é uma grande prioridade para nossos clientes.

Por que a NetApp criou o cargo de "czar da eficiência de storage"?

Dave: Eu aceitei esse cargo quando Rob Salmon, nosso vice-presidente executivo de operações de campo, percebeu que talvez sairíamos desta recessão um pouco mais rápido do que a maioria de nossos concorrentes. Quando nós, como uma equipe executiva, olhamos os resultados alcançados, reconhecemos que um dos motivos - talvez não o único, mas um grande motivo - parecia ser nossa inovação em eficiência de storage. Estou falando em eficiência de storage, com relação tanto à história que contamos quanto às capacidades reais que fornecemos, conforme trabalhamos com nossos clientes. Mas apesar de todo o nosso sucesso, Rob tinha uma grande preocupação: muitos clientes não estavam aproveitando completamente os recursos que oferecemos hoje, o que vimos como uma oportunidade desperdiçada para ajudá-los a economizar ainda mais. Bem, a curto prazo, é ótimo que as pessoas comprem nossos produtos e que fechemos negócios. Mas, a longo prazo, nossos clientes podem não obter todos os resultados que esperavam, pois não conseguiram aproveitar totalmente as tecnologias de eficiência que temos discutido. O cargo do czar foi criado para ajudar os clientes aproveitar totalmente os recursos que oferecemos, enquanto seguimos rumo a uma adoção mais forte de nosso portfólio completo.

Qual você diria que é sua principal responsabilidade neste cargo?

Dave: Minha principal função é defender os clientes para que eles obtenham o máximo de seus ambientes de storage sem sacrificar o desempenho e, em última instância, aumentar a adoção de nossas tecnologias de eficiência de storage. Um processo de eficiência de storage possui três etapas:

  • Desenvolver tecnologias que aumentem a eficiência de storage. E, em diversos casos, temos mais idéias para isso. Observamos as tecnologias que entregamos e dizemos: "Nossa! Podemos fazer algo ainda melhor." A opinião dos clientes são fundamentais para a evolução tecnológica.
  • Contar a história para os clientes. Conscientizar sobre os motivos pelos quais as empresas devem fazer negócios com a NetApp e como podemos agregar valor aos seus ambientes de TI.
  • Simplesmente levar à adoção. Certificar-se de que nossos clientes descubram e usem os recursos de eficiência, que é fácil ativá-los, e tornar possível a medição e o monitoramento de resultados.
 
 

"Meu principal foco é defender o uso dos produtos para fazer os clientes economizarem ao máximo. Mas eu quero mais. Quero que os clientes digam: "E o storage que já compramos? Como ele pode ser mais eficiente?". Essa pode não a principal preocupação de nossa equipe de vendas, mas, a longo prazo, é o melhor para a nossa relação com os clientes."
— Dave Hitz

 
 

Os dois primeiros são interessantes, mas o terceiro é o que eu mais gosto, pois é aquele com o qual conseguimos realmente obter mais economia nos ambientes de nossos clientes. As melhores oportunidades que temos para ajudar nossos clientes são: (a) obter um feedback para a engenharia, o que ajudará ao longo do tempo e (b) levar à adoção hoje mesmo. Por adoção, quero dizer estimular nossos clientes a usar as ferramentas que já estão disponíveis para aumentar a utilização do que eles já possuem e para ajudá-los a comprar menos storage.

As taxas de adoção podem variar porque algumas de nossas ferramentas (por exemplo, Snapshot™ e RAID-DP®) estão ativadas por padrão, enquanto outras precisam ser ativadas (por exemplo, clones para ambientes de teste/desenvolvimento) e outras são decisões conscientes que precisam ser tomadas no momento da compra (por exemplo, unidades SATA e Flash Cache). Parte da solução já está no meio da história. Fazer com que nossos clientes entendam o potencial que eles já têm dentro do seu ambiente de TI. A outra parte do problema é esclarecer os recursos que realmente fazem mais sentido para eles.

Meu principal foco é defender a adoção, para reduzir custos dos clientes. Mas eu quero mais. Quero que os clientes digam: "E o storage que já compramos? Como ele pode ser mais eficiente?". Essa pode não a principal preocupação de nossa equipe de vendas, mas, a longo prazo, é o melhor para a nossa relação com os clientes."

Por que a NetApp é única em sua abordagem para aumentar a eficiência?

Dave: Nossos clientes nos trazem dois grandes problemas para resolver:

  • Os clientes estão felizes com a maneira como estão fazendo as coisas. Eles só querem fazer isso, pagando menos.
  • Os clientes querem que nós os ajudemos a fazer as coisas de uma maneira totalmente nova: por exemplo, criar uma nova imagem desktop todos os dias para sua equipe da central de atendimento. Eles querem mais agilidade nos negócios.

Em ambos os casos, a solução resulta no uso mais eficiente dos recursos. A tecnologia permite que você pense de maneira diferente sobre o problema.

Estamos trabalhando arduamente para fornecer tecnologias que ajudam a aumentar a eficiência e também a agilidade nos negócios. Fazemos isso de diversas maneiras. A automação pode ajudar na eficiência operacional. Unificar o storage para que NAS, SAN, high end e low end estejam na mesma arquitetura, facilitando o gerenciamento de storage. E é aí que ocorre a eficiência de storage.

Eficiência de storage é um tipo específico de eficiência. É a capacidade de obter o mesmo trabalho com menos discos. Nossa inovação é voltada para o fornecimento de mais capacidade e desempenho com menos discos, sem sacrificar o desempenho ou a disponibilidade de dados. Ajudamos a gerenciar e até mesmo minimizar o crescimento de dados - mais especificamente dados replicados - e ajudamos a fornecer mais capacidade e desempenho com o mesmo número de discos.

A vantagem que oferecemos é que temos uma arquitetura única que faz tudo, de low end a high end, para NAS, SAN e dados primários e secundários. Na verdade, quando olho para nosso conjunto de tecnologias de eficiência de storage - coisas como thin provisioning, deduplicação de dados, cópias do Snapshot, Flash, clonagem, uso de RAID-DP para que o SATA armazene não apenas dados secundários, mas também primários - eu não acredito que haja um único recurso que um concorrente não possa oferecer. A diferença está na arquitetura exclusiva e unificada, o que representa que todos os recursos que eu acabei de mencionar estão disponíveis em todos os nossos sistemas. Você pode olhar para o ambiente que você já tem e começar a ativar tais recursos. Não estou falando para ativar um único recurso. Ative vários. Observe as economias se multiplicarem.

Por exemplo, você comprou uma ferramenta de deduplicação de dados. Ela também tem uma tecnologia de clonagem para obter testes e desenvolvimento mais eficientes? Você tem thin provisioning para quando seu administrador de banco de dados solicitar 2 TB, mas usar apenas meio terabyte? Se você adicionar a capacidade de storage subutilizada em toda a sua empresa, verá um enorme desperdício de recursos. Com nossa arquitetura unificada, você realmente está em condições de aumentar suas economias, observando como os diversos recursos podem ser aplicados de uma só vez. Então, isso é muito animador.

 
 

"Conversei com um cliente do sistema de saúde uma vez que havia acabado de descobrir a deduplicação. Ele estava superanimado com isso. Então, perguntei a ele como havia descoberto a que conjuntos de dados isso poderia se aplicar. Ele disse que tinha desistido de tentar prever em que isso poderia ajudar, pois ajudou com coisas que ele nunca tinha imaginado. O exemplo que ele me deu foi com dados de imagens médicas: IRMs, raios X, imagens do baço. Só por diversão, ele ativou a deduplicação de dados e o recurso reduziu os dados em 33%. Agora, quais são as chances de o meu baço parecer exatamente como o seu? Ele disse: 'Não faço idéia, mas sei que você conseguirá economizar no que nem esperava.'"
— Dave Hitz

 
 

A virtualização é uma maneira pela qual diversas empresas estão direcionando custos para fora de seus ambientes de TI. Como a eficiência de storage complementa esses projetos?

Dave: Virtualização e eficiência de storage andam juntas. Elas oferecem uma economia incrível para nossos clientes. Portanto, é óbvio que, frente a uma retração econômica, quando as pessoas estão tentando economizar dinheiro, a eficiência de storage e o storage otimizado para ambientes virtualizados são duas ótimas ferramentas para ajudar a reduzir custos.

Uma das coisas que fizemos foi investir em tecnologias para termos a certeza de que nossos sistemas são executados com mais eficiência do que o de nossos concorrentes. Dois exemplos me vêm à mente. Primeiro, a deduplicação. A deduplicação funciona tanto com dados primários quanto com dados secundários e é muito eficaz ao reduzir storage com o VMware®. Em segundo lugar, os clones. Em muitos ambientes virtualizados (especialmente em ambientes de desktop virtual), as empresas querem dezenas, centenas ou até milhares de cópias dos mesmos dados. A clonagem facilita e agiliza a criação de cópias. Temos alguns casos em que as empresas podem criar mais de 30.000 cópias em cinco minutos e sem precisar de quase nenhum storage adicional.

Como empresa, fazemos investimentos e tomamos decisões quanto à eficiência de storage, bem como quanto à eficiência de storage em um contexto mais amplo da NetApp e nossa relação com a VMware. Isso tem nos ajudado a sair da recessão mais rápido e com mais força do que a concorrência. Em última análise, isso também é bom para nossos clientes.

O fato de a NetApp se concentrar na eficiência de storage foi por sorte ou é uma estratégia?

Dave: Desde o começo, temos trabalhado com tecnologias que melhoram a eficiência. Nosso primeiro produto lançado, há cerca de 18 anos, incluía cópias de snapshot ou backups instantâneos que não atingiam o desempenho. Então, desenvolvemos outras idéias, como a capacidade de gravar neles (clones), gerenciá-los (volumes flexíveis) e assim por diante. Estávamos ouvindo nossos clientes e criando inovações para melhorar a eficiência.

No final das contas, percebemos quantos encadeamentos de desenvolvimento diferentes caíam na mesma categoria de resolver mais problemas com menos discos. Quando a economia realmente começou a piorar e nossos clientes passaram a olhar para o bolso com mais freqüência, atentos ao controle de custos, começamos a nos focar em quantos desses recursos nossos clientes poderiam utilizar com segurança e de uma vez só. Então, foi por sorte? Na verdade não. <Rindo> Estávamos preparados porque ouvimos nossos clientes, o que é bom, mas a combinação de eventos foi sorte.

 
 

"A sorte favorece a mente bem preparada." — Louis Pasteur

 
 

Como a melhoria da eficiência de storage ajuda a levar inovação e sucesso aos negócios?

Dave: Quando a economia quebrou, muitas pessoas espremeram qualquer coisa possível de sua infraestrutura de TI. Mas você só pode espremer por muito tempo antes de precisar de uma renovação. Conforme os clientes iam saindo da recessão, eles se voltavam para as necessidades que precisavam ser priorizadas. Na verdade, os CIOs tinham uma lista clara das áreas em que tinham que investir mais. Storage sempre esteve no topo desta lista.

Agora, se você olhar onde eles querem gastar o dinheiro, aí a lista é diferente. Eles prefeririam gastar o dinheiro em aplicações, problemas de negócios, ferramentas que não possuem ou oportunidades para ajudá-los a prosperar. Mas muitos não conseguem voltar o foco em sua lista de desejos até que a lista de necessidades esteja sob controle.

Imagine se você pudesse recuperar 50% ou mais de sua infraestrutura de storage. E se você não tivesse que comprar mais storage? Ou se eu lhe dissesse que a mesma equipe ou uma equipe menor poderia gerenciar mais dados?

Nós podemos ajudar. E com o dinheiro que você pode economizar, terá flexibilidade para fazer coisas que realmente quer fazer. Storage é divertido. Está sempre atrás do que você quer fazer. Raramente é a primeira coisa que vem à sua cabeça. É como aquele velho ditado: "Por trás de um grande homem, há sempre uma grande mulher." Eu diria: "Por trás de um grande aplicativo, há sempre um ótimo storage."

Você tem algum conselho para nossos clientes ou futuros clientes?

Dave: Faça perguntas. Trabalhe com seu representante de vendas ou, mais especificamente, com o engenheiro de vendas e pergunte a ele, com base nos dados que você tem, quais recursos devem ser ativados. Aposto que podemos ajudá-lo a economizar.